Quer saber o que é um feed, o que você pode fazer com isso e como se inscrever? Clique aqui!

Tecnologia

Como não começar um negócio: SPAM

02/01/2012 as 22:13

A época do grande boom da internet já passou há vários anos. A inclusão digital já é realidade para muita gente em todo o mundo e as empresas já passaram da época de ver se a internet vai dar certo ou não e já enxergam o mundo online como mais um tipo de mídia com conteúdo específico e como uma maneira efetiva de ganhar dinheiro.

Muita moda aparece de tempos em tempos e com elas oportunidades de tornar um site numa mina de ouro, mas algo que existiu e, por mais difícil que seja de acreditar, ainda é muito usado é a técnica de SPAM. Repare a quantidade de cupons de desconto de sites que você nunca ouviu falar caem hora ou outra na sua caixa de e-mail.

Algumas ofertas até são boas, alguns sites se esforçam para ter um bom conteúdo, mas se você que está lendo esse texto for alguém que realmente põe fé que seu negócio seja bom, vai a dica: faça com que os usuários venham a você porque eles querem, não porque você, por cansaço, lotou a caixa de e-mail deles.

Há quem venda lista de milhares de e-mails por um valor como se tivessem fazendo impressões de panfletos, mas se você for do tipo que compra esse tipo de produto, saiba que ele é tão bem aceito quanto os panfletos que insistem em colocar no para-brisas do seu carro estacionado.

O SPAM não é uma prática nova e nem inocente: milhões são gastos para manter a distribuição das mensagens nos servidores de e-mail que congestionam redes e ocupam espaço desnecessário para um conteúdo que nunca será lido e cairá na lixeira sem ao menos ser aberto.

Felizmente, os webmails tem avançado bastante no sentido de impedir que esses e-mails caiam em nossas mãos. O Gmail, do Google, possui um filtro esperto que aprende utilizando várias técnicas, incluindo a quantidade de usuários que recebeu e também marcou aquela mensagem como indesejada. Em alguns casos, o próprio webmail tenta se descadastrar dos informativos. A Microsoft também fez um ótimo trabalho nas atuais versões do Hotmail, que um dia pode se tornar um bom filtro anti-spam para seu irmão empresarial, o Outlook.

Quer saber como evitar o SPAM? Primeiro, não clique no link do e-mail. Não responda as mensagens. Não compre os produtos que são ofertados. E acima de tudo: não apague simplesmente a mensagem. Clique no botão de lixo eletrônico do seu webmail para que nem você nem outra pessoa receba mais essas mensagens.

No Brasil, o Comitê Gestor da Internet possui um site explicativo para quem deseja fazer o envio de e-mail marketing sem se tornar um spammer. A prática toda é explicada no site Antispam.br. Se você quiser fazer marketing por e-mail, comece a perguntar se seus visitantes desejam esse conteúdo. Deixe sempre um espaço para que ele deixe de receber o informativo e lembre-se: quem deve escolher receber o primeiro contato é o usuário, não o site.

,

Encontrou algo errado? Entre em contato conosco!

Deixe um comentário

Sinta-se a vontade em fazer seus comentários, mas lembre-se: caso ele não esteja de acordo com o conteúdo do site ou contenha texto ofensivo ele será excluído.

Compartilhar/Salvar