Wanto know what is a feed, what you can do with it and how to subscribe? Click here!

Archive for January, 2007

Censura na Internet

Uncategorized

Tuesday January 30th, 2007 at 08:00 AM

A censura dos meios de comunicação não é novidade alguma como medida preventiva do governo de diversos países. O medo de que a verdade seja anunciada para toda uma população é de dar frio na espinha de qualquer governante. No Brasil, o caso de censura mais conhecido foi o aplicado pelo governo de 1964 que inibia a liberdade de imprensa.

Se você acha que isso é coisa do passado, está enganado. Em 2002, o jornal de maior circulação em Brasília foi proibido de publicar uma matéria que divulgaria trechos de escutas telefônicas de funcionários do governo da cidade. Em outros países a situação é ainda mais complicada.

Se você pensar que a Internet é um meio livre de censura com conteúdo colaborativo, estaria enganado outra vez. É exatamente o caso do governo imperialista chinês, que detêm o poder sobre o que os internautas podem acessar. Para ter uma idéia, na China, sites e blogs com conteúdo político têm seu acesso bloqueado. A Wikipédia, enciclopédia on-line escrita pelos usuários, já foi bloqueada por lá até que seu conteúdo tenha se adequado às normas.

As ferramentas de busca também têm seus resultados filtrados de acordo com o que o governo exige. O Yahoo! China foi uma das primeiras a chegarem ao país, mas os resultados com “conteúdo proibido” não apareciam na lista. Em 2006, o Google abriu um escritório no país e o caso não foi diferente, embora eles tenham sido os primeiros a alertarem os usuários sobre o filtro. Os usuários ainda podem acessar a versão americana do site sem o filtro, mas não têm acesso a sites como o Gmail ou o Blogger no país por questões de privacidade em relação ao governo chinês.

A censura atualmente não é exclusiva de governos imperialistas como o da China. No Brasil, em 2006, há casos como o do Orkut, serviço de relacionamento do Google, que foi ameaçado pelo governo de ser fechado caso a empresa não fornecesse informações de usuários e comunidades. Como conclusão, ganhou uma interface exclusiva que permite à Polícia Federal fechar comunidades e investigar usuários do sistema, se o conteúdo for ilegal.

O YouTube também não ficou fora da censura. O site de compartilhamento de vídeos mais comentado de 2006, comprado pelo Google por 1,65 bilhões de dólares, foi indiretamente escolhido como a celebridade do ano da revista Time e foi bloqueado no Brasil no início de 2007, causando um enorme alvoroço entre seus usuários no país. O caso foi iniciado quando, por volta de Outubro de 2006, foi espalhado na Internet cenas em que a modelo e apresentadora da MTV Daniella Cicarelli trocava mais do que carícias em uma praia pública com o seu namorado. Embora o site tenha bloqueado o vídeo, os usuários acabavam por colocá-lo novamente com nomes diferentes.

Conforme noticiado pelo portal Terra, a brincadeira da Cicarelli rendeu processos não só ao YouTube, mas ao portal iG, controlado pela BrasilTelecom e até mesmo à Rede Globo. Após a decisão judicial, todos os usuários assinantes da BrasilTelecom tiveram seu acesso ao site bloqueado até que encontrem uma forma efetiva de não veicular tal vídeo.

Precisamos entender que a Internet é uma forma de difundir informação muito dinâmica, com a vantagem de possuir conteúdo colaborativo. Assim como no mundo real, devemos usar o bom senso para julgar o que deveria ou não ser publicado. A Internet não é um mundo sem leis e a legislação em vigor prevê diversas punições para crimes cometidos no mundo virtual. Cabe aos usuários permitirem que o conteúdo permaneça livre e difundido, sem esquecer, é claro, que sempre tem alguém observando.

Publicado em 30 de janeiro de 2007, no caderno Viva! do Jornal de Brasília

Read more...


No Comments »

Diversas empresas atualizam seus serviços

Technology

Friday January 26th, 2007 at 12:08 PM

O ano mal começou, mas você já pode ver várias versões atualizadas de serviços por aí.

Primeiro, temos o Wordpress, que, após meses em estágio beta, lançou a versão 2.1. A nova versão conta com recursos de AJAX na administração do site, principalmente na publicação de notícias. Há também a possibilidade de realizar a edição de áreas do site de forma mais simples. Felizmente, o uso e a instalação continua sendo simples.

O Google Images também sofreu uma mudança: agora, as imagens são exibidas com a descrição oculta, que é exibida quando você passa o mouse sobre ela. O objetivo foi manter o visual dos resultados mais "limpo".

O Google Groups também saiu do estágio beta (que estava desde Outubro) e teve seu visual totalmente remodelado em todos os idiomas. A maior novidade no entanto ficou com a navegação entre os tópicos, similar à organização do GMail. Há também o recurso de criação de páginas para o grupo e a possibilidade de personalizar itens da página como uma imagem de exibição para o grupo.

E pela primeira vez desde a aquisição do YouTube, o Google fala e mostra novidades sobre o futuro do serviço. A questão é que o Google ainda mantém o Google Video, um site que também permite o compartilhamento de vídeos. A empresa deixou claro que os serviços são diferentes e continuarão sendo mantidos de forma separada (inclusive a equipe que trabalha no YouTube continua apenas no YouTube). A novidade no entanto ficou por conta da busca: quando o usuário faz uma busca no Google Video, o site também retorna resultados do YouTube, mas é redirecionado para o YouTube. O Google também está lançando em fase de teste anúncios em formato de vídeo através do Adsense.

Este ano os vídeos na Web tendem a se tornar mais populares do que foram no ano passado e a chamada "Web 2.0" (com o AJAX) parecem estar se tornando cada vez mais populares. Não se esqueça que o mercado ainda vai balançar com o lançamento do iPhone da Apple. Faça suas apostas!

Update 1: Um outro lançamento importante nesse início de ano é o Flash Player 9 para Linux. A liberação dessa versão possibilita desenvolver em Flash com os recursos apresentados no Flash Professional 8 há mais de um ano. O Flash Player 9 só estava disponível para Windows até então.
Um lançamento que deve dar uma agitada no mercado é o do Windows Vista que será liberado para os usuários domésticos a partir do dia 30/01.

Read more...


No Comments »

Brasil: o iPod mais caro do mundo

Uncategorized

Thursday January 18th, 2007 at 06:59 PM

O Terra publicou uma matéria informando que o Brasil é o país que o iPod Nano custa mais caro. Aqui, um iPod sai por 327,71 dólares, contra os 149 doláres que custam nos EUA. O lugar mais barato para se comprar um é no Canadá, que sai por 144,20 dólares.

Segue abaixo a lista de preço dos países:

1. Brasil 327,71
2. Índia 222,27
3. Suécia 213,03
4. Dinamarca 208,25
5. Bélgica 205,81
6. França 205,80
7. Finlândia 205,80
8. Irlanda 205,79
9. Reino Unido 195,04
10. Áustria 192,86
11. Holanda 192,86
12. Espanha 192,86
13. Itália 192,86
14. Alemanha 192,46
15. China 179,84
16. Coréia do Sul 176,17
17. Suíça 175,59
18. Nova Zelândia 172,53
19. Austrália 172,36
20. Taiwan 164,88
21. Cingapura 161,25
22. México 154,46
23. EUA 149,00
24. Japão 147,63
25. Hong Kong 147,35
26. Canadá 144,20

Read more...


2 Comments »

Google corrige 3 falhas

Uncategorized

at 06:51 PM

Google corrige falhas O Google corrigiu 3 falhas nos seus produtos nas últimas semanas.

A primeira falha permitia que sites de terceiros tivessem acesso a toda a lista de contatos do Gmail do usuários. O problema acontecia quando você já tinha acessado o seu Gmail e tenha mudado de endereço sem encerrar sua sessão ou fechar o navegador. O problema estava relacionado com o recurso de outros produtos Google acessarem a lista de contatos do Gmail (como o Docs & Spreadsheets). Alguns usuários reportaram que tiveram todos os seus e-mails apagados devido a essa falha. Embora tenha sido poucos casos, eles disseram que o Google entrou em contato para restaurar a partir de backups criados.

A segunda falha está relacionada com o Blogger que criou o Blogger Custom Domain que permite que o usuário crie um blog hospedado nos servidores do Google, desde que já tenha pago pelo domínio (ou seja, isento de hospedagem). A falha permitiu que usuários criassem páginas mesmo sem serem os donos do domínio.

O terceiro bug permitia que sites maliciosos tivessem acesso aos cookies criados pelos sites do Google e outras informações como o assunto dos e-mails do GMail (somente o assunto, sem o conteúdo completo), o histórico de busca, documentos e planilhas.

Os produtos do Google indiscutivelmente têm crescido bastante nos últimos tempos e a manutenção deve estar se tornando cada vez mais difícil, independente da organização do projeto. Felizmente, eles têm pessoal capacitado que corrigiram as falhas praticamente no dia seguinte de terem sido reportadas.

Read more...


No Comments »

rodflash em 100%

Uncategorized

Sunday January 14th, 2007 at 12:54 AM

rodflash em 100%É verdade! Os contadores foram atualizados! O rodflash.com está 100% pronto! Você vai contar com todos os artigos antigos e diversos textos novos. Aproveite os novos recursos dos feeds RSS e comentem. O site está cheio de novidades e será atualizado com muita freqüência.

Peço desculpas pelo tempo que ele ficou inativo, mas prometo que isso não vai mais acontecer.

Read more...


4 Comments »